Pizzaria para celíaco faz sucesso em Floripa e expande franquias para o Brasil

Pizzaria para celíaco faz sucesso em Floripa e expande franquias para o Brasil

Depois de anos convivendo com irritabilidade, dores de cabeça e nas articulações, inchaços, entre outros sintomas, o casal Rafael Mendes e Claudia Cruz descobriu, na Itália, quando passava uma temporada de estudos, que era celíaco. De volta ao Brasil, a dupla decidiu investir na primeira franquia de produtos frescos sem glúten do Brasil.

A pizzaria abriu recentemente em Florianópolis no formato delivery. Além de Rafael e Claudia, Filipe Geannichini e Cláudio Rodrigues formam a sociedade do Grupo Bene, detentor da Massas.com, pizzaria sem glúten, que abriu recentemente em Florianópolis no formato delivery, e da VaBene, confeitara e padaria glúten free que abrirá no segundo semestre em Blumenau e em breve na Capital. Além de Florianópolis, São Paulo e Brasília são as outras cidades que receberão a franquia.

Pioneiro e referência entre os chefes na panificação e na produção de massas sem glúten no país desde 2005, o chefe Cláudio Rodrigues, carioca radicado em Santa Catarina, é o responsável por desenvolver os 73 sabores salgadas e doces de pizzas e calzones, com opções veganas, integrais e funcionais.

Como celíacos, sentimos necessidade de provar uma comida saborosa sem nos preocupar com a contaminação cruzada (cujos produtos naturalmente sem glúten são contaminados ao serem produzidos no mesmo local dos produtos com glúten). A falta de opções e a dificuldade em obter esse alimento com qualidade nos fez pensar em alternativas. Vimos, então, uma boa oportunidade e uma ótima receptividade no meio celíaco. Já temos mais de 30 interessados em abrir a franquia da Massas.com, mas queremos ver o funcionamento das primeiras – afirma Rafael Mendes.

O objetivo do grupo é claro: levar sabor e saúde ao crescente público de intolerantes ao glúten. Para isso, a rede se inspirou no movimento slow food e adquire seus alimentos de pequenos agricultores que cultivem de forma orgânica. Para deixar a pizza leve e saborosa, um mix artesanal de farinhas é usado, como farinha de arroz biodinâmica, chia, quinoa, farinha de girassol, fécula de de batata, entre outros.

Estimativas da Associação dos Celíacos de Santa Catarina (Acelbra-SC) apontam que em cada grupo de 100 pessoas, uma seja afetada pela doença, caracterizada pela inflamação da mucosa do intestino delgado em razão da ingestão de glúten.

Sobre o Grupo Bene

O Grupo Bene, detentor da pizzaria Massas.com e da padaria e confeitaria VaBene, possui três modalidade de franquia, a pizzaria delivery (modelo standard), o salão (modelo premium, que será inaugurada em breve, em São Paulo) e a VaBene.
O delivery tem um investimento total, incluindo a taxa de franquia e equipamentos, de R$ 80 mil. A premium custa R$ 115 mil e a VaBene sai por R$ 100 mil. A ideia foi criar um produto acessível para o público celíaco e pessoas com necessidades alimentares especiais.

Queremos chegar aos pequenos centros, onde as franquias normais não chegam, dado o seu alto custo e a demora em recuperar os preços investidos – informa o empresário Rafael Mendes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui