C.A Guimarães Engenharia executa as três obras da Starbucks em Floripa

Starbucks do Boulevard 14/32. Foto: Fernando Willadino

As primeiras três lojas da norte-americana Starbucks fora do eixo Rio-São Paulo foram inauguradas no início de outubro, logo que o novo terminal do aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, começou a operar. 

A execução e o acompanhamento das obras foram feitas pelo engenheiro civil Andrei Guimarães, da C.A Guimarães Engenharia. Neste ano, a empresa, que começou com o seu pai, Carlos Alberto Guimarães Filho, comemora 25 anos de atuação no Estado, além trabalhos feitos no Paraná e no Rio Grande do Sul. 

Foram em torno de 40 dias de obras para deixar as três cafeterias prontas, com equipes que se revezavam 24 horas por dia. Elas estão localizadas no embarque, no desembarque e no Boulevard 14/32

Um dos diferenciais das novas operações é a presença da arte surrealista do artista paulista Fernando Chamarelli, deixando os ambientes mais leves, coloridos e lúdicos. 

“O fato de atuarmos há tanto tempo no mercado nos preparou para entregarmos as lojas em um prazo curtíssimo de tempo. Quando entregamos franquias, precisamos gerenciar a complexidade de processos que acontecem durante as obras. Nessas, por exemplo, tínhamos a equipe da Starbucks de São Paulo, que veio com frequência fazer testes nas instalações e nas máquinas, o Fernando que estava pintando sua obra e as máquinas de café que foram importadas da Suíça”, conta Andre.

Com 180m², a maior loja é a do Boulevard. Além das cores fortes utilizadas por Chamarelli, há predomínio de madeira e granito nos ambientes. A do embarque possui 50m²  e a do desembarque, 60m² . O escritório Aratani Arquitetura foi o responsável pelos projetos. 

“A cafeteria do Boulevard foi executada junto com a obra do próprio Boulevard. Ou seja, em diversos momentos haviam na loja os parceiros da C.A. Guimarães e os funcionários do aeroporto. Com um grande número de pessoas transitando e realizando diferentes tarefas, o gerenciamento da obra é bem complexo. É preciso prestar atenção em cada detalhe para que não haja erro”, afirma o engenheiro. 

Fotos: Fernando Willadino

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui